Cultura

Até final de 2022 há um mundo de cultura para explorar na Biblioteca Geral

Tertúlias, visitas temáticas, exposições ou colóquios, as ofertas culturais na BGUC são muitas e variadas até ao final de 2022 e mais além.

27 september, 2022≈ 2 min read

© UC l Ana Bartolomeu

A Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra (BGUC) apresentou "um conjunto muito valioso de atividades abertas à comunidade e à cidade para os próximos meses". Em conferência de imprensa, o diretor da BGUC, João Gouveia Monteiro desvendou as cerca de 20 iniciativas agendadas até ao final de 2022.

"A Biblioteca não é um depósito de livros, é mais do que isso", defende João Gouveia Monteiro. Enquanto "centro de cultura ativo e dinâmico", tem três objetivos principais: a prestação de serviço público, a promoção da requalificação das instalações e a oferta de uma programação cultural sólida.

Com isso em mente, o diretor da BGUC garante três eixos nas iniciativas reveladas: a promoção do livro, da leitura e da promoção das bibliotecas; o fomento do diálogo intercultural e interreligioso, e a formação ambiental e de cidadania em consciência de problemas ecológicos e equilíbrio entre o homem e o meio envolvente. "Todas as iniciativas incidem sobre um destes eixos", sublinha o responsável.

Todos os eventos e mais informações podem ser encontrados em https://www.uc.pt/bguc

Alguns destaques da programação cultural da BGUC


27 e 28 de outubro de 2022
Colóquio Bibliotecas Icónicas da História da Humanidade
com participação das Bibliotecas do Mosteiro de Saint Gall (Suiça), Real Gabinete Português de Leitura (Rio de Janeiro, Brasil), Biblioteca General Histórica da Universidade de Salamanca (Espanha), Trinity College de Dublin (Irlanda) e Alexandria (Cairo, Egito) e ainda de Albert Manguel (escritor e diretor «Espaço Atlântida: Centro de Estudos da História da Leitura», em Lisboa)

7 a 10 de novembro de 2022
Colóquio Religião e Alimentação
A diversidade da gastronomia em grandes crenças religiosas (judaísmo, hinduísmo e cristianismo), através de um conjunto de tertúlias e provas gastronómicas. Em parceria com o Instituto Universitário Justiça e Paz (50.º aniversário).

5 de janeiro a 6 de julho de 2023
PORTUGAL 50 ANOS | 1973-2023 O que mudou? O que falta fazer?
Um ciclo de tertúlias mensais que tem por objetivo discutir as transformações operadas em setores sensíveis desde o 25 de abril: demografia, cidadania, juventude, cultura, comunicação social, saúde mental, envelhecimento e … velhas/novas utopias!